Arquimedes de Siracusa (287 a.C. - 212 a.C.)

"Dai-me um ponto de apoio e levantarei a Terra"

Matemático e físico grego. Na sua biografia é difícil destrinçar a realidade da lenda. Quando jovem muda-se para Alexandria, onde continua as aulas de Euclides. De volta à sua pátria, entrega-se por completo aos estudos científicos. Quando os Romanos atacaram Siracusa, Arquimedes dirige a defesa da sua cidade, para o que se serve de máquinas de guerra (catapultas, etc.). Após um longo assédio, as tropas de Marcelo entram na cidade. Segundo Plutarco, apesar das ordens de Marcelo para respeitar a vida do sábio, um soldado romano, irritado porque Arquimedes, absorto na resolução de um problema, não responde às suas intimações, mata-o. Cícero, questor da Sicília, encontra o seu túmulo, onde figura uma esfera inscrita num cilindro.
São bastantes as obras de Arquimedes que chegam até aos nossos dias. Entre as de tema matemático destacam-se Da Esfera e do Cilindro, A Medida do Círculo, Dos Esferóides e dos Conóides e Das Linhas Espirais. Entre as obras de mecânica há que citar Do Equilíbrio dos Planos e Dos Corpos Flutuantes.
Obras menores, mas que também proporcionam achados
importantes, são A Quadratura da Parábola e O Método.Há uma célebre anedota da Antiguidade relacionada com os estudos hidrostáticos de Arquimedes.
Trata-se do chamado problema da coroa. Hiero, rei de Siracusa, encomenda uma coroa que paga como se fosse de ouro puro, mas posteriormente suspeita que o ourives fez mistura do ouro com prata. Arquimedes resolve o problema determinando o volume da coroa, para o que a submerge num recipiente completamente cheio de água e pesa de seguida o líquido derramado. Averigua assim a densidade da coroa e calcula a proporção de prata que o desleal ourives utiliza.Conta-se que Arquimedes inventa este procedimento quando, ao se introduzir num recipiente completamente cheio de água para se lavar, parte dela transborda. Sai então do banho a gritar Eureka! (que em grego significa "Achei!").

Eureka! Eureka!

O clássico enunciado deste princípio, chamado de Arquimedes, é o seguinte: todo o corpo submergido num fluido experimenta um impulso de baixo para cima igual ao peso do fluído que desloca.
Os seus principais achados pertencem aos campos da aritmética, mecânica e hidrostática. Determina a relação da circunferência com o diâmetro (o número pi), a quadratura da parábola, as propriedades das espirais, etc. Atribuem-se a Arquimedes a invenção do parafuso sem fim, da espiral ou parafuso de Arquimedes (aparelho para elevar água por meio de um tubo enrolado em hélice à volta de um cilindro giratório sobre o seu eixo), de diversas combinações de roldanas para levantar pesos, da roda dentada... Formula também a teoria da alavanca simples, resumida numa frase célebre: "Dai-me um ponto de apoio e levantarei a Terra".

(Texto extraído do quadro "Men of modern Mathematics" da IBM.
Tradução de Higyno H. Domingues).

.....................................................................................................................................................................................................................

Os Trabalhos de Arquimedes
(em ordem cronológica provável)

1. Sobre o equilíbrio de figuras planas, I.
2. A quadratura da parábola.
3. Sobre o equilíbrio de figuras planas, II.
4. Sobre a esfera e o cilindro, I, II.
5. Sobre as espirais.
6. Sobre os cones e esferóides.
7. Sobre os corpos flutuantes I, II.
8. A medida do círculo.
9. O Contador de grãos de areia.
10. A carta a Eratóstenes sobre o Método

.....................................................................................................................................................................................................................

Galeria de Imagens
Clique para ampliar

.....................................................................................................................................................................................................................

Banner do projeto:            

Clique para ampliar

 

.....................................................................................................................................................................................................................
 

imprimir
voltar
Clique para ampliar